terça-feira, 27 de julho de 2010

Afasta-se

Ah, não dá mais! Ele me pega de jeito, todas as noites, me levando a loucuras.
Leva-me a fazer coisas que nem mesmo eu teria coragem. Faz-me perder a cabeça, perder tempo com coisas pequenas... Às vezes mínimas que nem deveriam ser pensadas! Ele sempre está ali... Parece que está a me esperar, todos os dias, quando chego em casa.
Passo menos tempo com a minha família e os meus amigos, por causa dele. Ele não deixa. Eu tento entender o porquê. De tenta fúria. De tanto egoísmo.
Eu me deixo levar por ele... Não consigo me controlar! O que será que devo fazer, para mandá-lo embora? Já que todas as coisas feitas não resolveram?

É, eu sei. Eu sou muito culpada por ele. Ele só vem até mim pela liberdade que eu dou-lhe. Mas isso não vai mais acontecer. Eu preciso evitá-lo.
Não dá mais pra fugir dos problemas por causa dele, de fugir dos meus amigos, de fugir de enxergar a vida do jeito certo, de fugir do bom-humor, da auto-estima, de fugir até da polícia por algo inútil feito POR ELE.

Afasta de mim, tudo que é dele, trazido por ele, que ele fez, que ele me deu!
O que vem dele eu não quero mais!
Ah, não! Perdi-me de novo! Quanto mais penso em afastá-lo, mais lembro-me dele. E fico louca novamente...
Ah, o stress...

Flávia Claudino

O que eu quero agora

O que eu quero agora é estar bem longe de tudo e de todos, é pensar na minha vida sem pressa e sem estresse, é encontrar a solução dos meus problemas e encontrar o que é realmente bom pra mim.
Eu quero é voar bem alto e chegar ao sol, para sentir realmente o calor que a vida pode me proporcionar.
Eu quero chegar ao topo sem medo de cair, mas estando lá, eu quero lembrar-me de onde eu vim, de quem eu amo e de quem se importa comigo.
Eu quero encarar os desafios e sentir toda a adrenalina que eles têm a me proporcionar. Eu quero obter sucesso em minhas escolhas e que elas me levem ao lugar certo. Que tudo o que eu viva, esteja no tempo certo de ser vivido. Não quero nada depressa demais, ou nada devagar demais, quero tudo como tem que ser.
Eu quero conquistar as pessoas mostrando quem eu realmente sou, eu quero fazê-las felizes, pois isso me deixa feliz.
Eu quero viver coisas boas, mas também quero viver dificuldades, pois são elas que formam o meu caráter e são elas que me ensinam a vida real.
Eu quero ter saúde e dinheiro, mas que isso não custe a minha paz. Quero minha família unida, e que a morte não venha rápido demais.
Eu quero um mundo melhor, eu quero uma convivência harmoniosa, e, tudo isso, só se alcança com amor.

Pedro Prado

Seguidores